PALAVRA DA DIRETORIA

A evolução é o grande propósito do mundo fenomênico em todo universo. Nada lhe escapa ao impulso renovador, num transformismo incessante de formas e de natureza. Esse tremendo impulso irrefreável, que a tudo abarca, do inorgânico reino mineral, ao consciente reino hominal, impõe Leis Divinas a toda substância, do átomo ao arcanjo, que são sempre as mesmas, mas que se manifestam de forma distinta, em cada etapa evolutiva. Assim, a gravidade é a grande lei de atração e repulsão das massas estelares, dando unidade e coesão ao universo físico. Em nível elevadíssimo, da mesma forma, o amor é essa mesma força agregadora, unificadora, estabilizadora de todo universo, no mundo consciencial das grandes almas criadas por Deus. O mesmo princípio monístico aplicado em níveis distintos.

Outrora “... o Reino dos céus era tomado pela força, e os violentos se apoderam dele.” (Mateus 11.12). O campo das grandes lutas, no entanto, passou da violência e da luta de corpos, para a psíquica, de nervos. O mundo hodierno é psicológico e a tensão evolutiva nesse campo se apresenta com maior intensidade. Pois “são chegados os tempos” de maturação daquela “geração de crianças sentadas nas praças, a desafiarem-se mutuamente...” (Mateus 11:16). A compreensão da Boa Nova do Evangelho de Cristo é assimilação indispensável no coração dos homens. A sustentação do materialismo e o olvido dos valores morais já cobra um preço alto demais para que a Lei Divina permita que o status quo da civilização atual continue a sua trajetória. Estamos, como asseverou Kardec, em tempos de substantiva transição. “ Não escutais já o ruído da tempestade que há de arrebatar o velho mundo e abismar no nada o conjunto das iniquidades terrenas?” (ESSE, cap XX, item 4)

Caminhamos, a passos largos, para construção da nova civilização do terceiro milênio, aquele “terceiro dia” em que Jesus prometeu reconstruir o templo, para espanto dos Judeus, que não o puderam compreender. Lembramos ainda da majestosa fala do Cristo aos martirizados no circo romano: “ Sim! Amados meus, porque o dia chegará no qual todas as mentiras humanas hão de ser confundidas pela claridade das revelações do céu. Um sopro poderoso de verdade e vida varrerá toda a terra, que pagará, então, `a evolução dos seus institutos, os mais pesados tributos de sofrimentos e de sangue...Exausto de receber os fluidos venenosos da ignomínia e da iniquidade de seus habitantes, o próprio planeta protestará contra a impenitência dos homens, rasgando as entranhas em dolorosos cataclismos... As impiedades terrestres formarão pesadas nuvens de dor que rebentarão, no instante oportuno, em tempestades de lágrimas na face escura da Terra e, então, das claridades da minha misericórdia, contemplarei meu rebanho e direi como os meus emissários: Ó Jerusalém, Jerusalém!...Trabalharemos com amo, na oficina dos séculos porvindouros, reorganizaremos todos os elementos destruídos, examinaremos detidamente todas as ruínas buscando o material passível de novo aproveitamento e, quando as instituições terrestres reajustarem a sua vida na fraternidade e no bem, na paz e na justiça, depois da seleção natural dos espíritos e dentro das convulsões renovadoras da vida planetária, organizaremos para o mundo um novo ciclo evolutivo, consolidando, com as divinas verdades do Consolador, os progressos definitivos do homem espiritual”.(Há 2000 anos. Parte 2, cap. VI)

Mantenhamo-nos unidos no propósito de nossa íntima renovação. Aproveitemos as oportunidades oferecidas de nosso próprio reajuste perante a Lei Divina e permaneçamos intimoratos e intemeratos na fé inabalável que nos classifique como trabalhadores de boa vontade do Cristo, na seara médico-espírita que o Mestre bondosamente nos estendeu como campo de labor. Que o Mednesp 2019 na cidade de Teresina- Piauí possa, uma vez mais, renovar as forças e o entusiasmo da família médico-espírita na tarefa de aproximação do conhecimento médico às revelações imortais dos espíritos, consubstanciadas na palavra do Espírito de Verdade, dando assim nossa contribuição para o progresso coletivo das almas que buscam Jesus.

Paulo Rogério Dalla Colleta Aguiar é psiquiatra e 2º tesoureiro da AME-Brasil